Tereza Cristina

Tereza Cristina || Créditos: Mapa/Foto Antonio Araujo

Ex-ministra da Agricultura volta a ser cotada para compor chapa com Jair Bolsonaro nas eleições de outubro, para desespero de Braga Netto

A deputada federal do PP-MS e ex-ministra da Agricultura de Jair Bolsonaro Tereza Cristina não parece ter vocação para a rebeldia ou para ser, como na música famosa, ovelha negra da família.

No entanto, conseguiu a proeza raríssima de não sofrer críticas por seu trabalho na Esplanada nos três últimos anos. Estranhamente, foi até elogiada.

Embora a parlamentar seja pré-candidata na disputa à solitária cadeira do Senado por seu estado nas eleições de outubro, Bolsonaro disse que sua ex-ministra é “cotadíssima” para ser sua companheira de chapa na campanha.

Com isso, o nome já dado como fava contada para a dobradinha com Bolsonaro, o do ex-ministro da Defesa Walter Braga Netto, voltou a subir no telhado.

“Tereza Cristina é um nome excepcional para o Senado, como é excepcional para ser vice também, pelo seu poder de articulação. Mas não está batido o martelo sobre o nome dela nem sobre o Braga Netto.”, disse o presidente em entrevista à jornalista Leda Nagle – aquela mesma do televisivo Hoje, da TV Globo dos anos 1980, famosa pelo bordão “até amanhã, com certeza”.