Secretário de Saúde do governo da Bahia, do PT, xinga chef e cai

Fábio Vilas-Boas e Angeluci Figueiredo || Crédito: Gov-Ba/Reprodução

Fábio Vilas-Boas viu-se compelido a pedir exoneração após chamar chef famosa de “vagabunda”, palavra normalmente usada para atacar militantes do próprio PT

Secretário estadual de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas foi peça importante da campanha de vacinação baiana, estado governado desde 2015 por Rui Costa (PT). Ele acaba de pedir exoneração de seu cargo, conforme comunicou em sua conta do Twitter nesta terça (2).

Vilas-Boas, tomou uma atitude incomum para o grupo político que governa o estado, o PT: chamar alguém de “vagabundo”. Normalmente, é o campo progressista, no qual o PT se insere, que é vítima desse insulto.

Vilas-Boas chamou a famosa chef Angeluci Figueiredo, do restaurante da Preta, na ilha de Maré, de “vagabunda” porque a chef cancelou a reserva de domingo do secretário. A decisão não foi um capricho da Preta. Foi tomada devido à recomendação da capitania dos portos para restringir o transporte marítimo pela Baía de Todos os Santos, tornando perigosa a viagem à Maré.

Ficou pequeno para Vilas-Boas quando entidades, algumas do próprio PT, manifestaram-se duramente, como a Secretaria de Mulheres do PT. O Conselho Baiano de Turismo chamou a agressão de “misógina, preconceituosa, machista e elitista”.

O governador Rui Costa, bastante assíduo no Twitter, não se manifestou até o momento.