Anvisa aprova Olumiant para tratamento de queda de cabelo

foto divulgação
Untitled design – alopecia areata

Nos EUA, FDA já autorizou, evidenciando eficácia em 36 semanas de tratamento.

A Anvisa aprovou o uso do medicamento Olumiant, também conhecido como baricitinibe, para tratar a alopecia areata, uma condição que causa a queda de cabelo. Além de ser usado para Covid-19, artrite reumatoide e dermatite atópica, esse remédio pode custar mais de R$ 5 mil.

Nos EUA, a FDA já tinha aprovado o Olumiant para alopecia areata no ano passado, com estudos mostrando que pacientes tiveram uma boa recuperação capilar após 36 semanas de tratamento. O medicamento age inibindo enzimas importantes para a formação de células do sangue, inflamação e função imunológica.

A alopecia areata é caracterizada pela perda de cabelo em áreas específicas do corpo. Ela pode afetar pessoas de todos os sexos e idades, sendo a androgenética, com afinamento dos fios, e a areata, com ataque imunológico aos próprios cabelos, as formas mais comuns.