Consenso político em pauta: Metas econômicas e desafios do Governo”

Alexandre Padilha || Crédito: José Cruz/ Agência Brasil

Presidente Lula liderará reunião estratégica para abordar desafios econômicos sob a orientação de Padilha

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, destacou nesta segunda, a total harmonia entre o presidente Lula e a política econômica liderada por Fernando Haddad. Embora Lula tenha manifestado dúvidas sobre a possibilidade de atingir a meta de eliminação do déficit primário até 2024, o novo arcabouço fiscal estabelece uma meta de resultado primário zero para o próximo ano, com uma margem de variação.

Haddad reconhece o desafio em eliminar o déficit e enfatiza a necessidade de aprovar projetos para aumentar a arrecadação em colaboração com o Congresso. Padilha anunciou que na terça-feira,(31), o presidente Lula liderará uma reunião com parlamentares para discutir a agenda prioritária do governo. Na reunião, estarão presentes líderes e vice-líderes de bancadas da Câmara que têm apoiado o Executivo, líderes do governo, presidentes de partidos e ministros da área econômica e de articulação política.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2023 estabelece um déficit primário de R$ 231,5 bilhões para o Governo Central. Padilha destaca que, apesar desse déficit, o ambiente econômico e a redução da taxa básica de juros indicam um equilíbrio macroeconômico