Bia Haddad vence de virada em estreia em Wimbledon

Beatriz Haddad Maia || Crédito: AELTC/Tim Clayton

Brasileira busca a vitória e anota 'pneu' em primeira rodada agitada

A estreia de Beatriz Haddad Maia em Wimbledon foi repleta de reviravoltas e emoção. Após atrasos e interrupções devido à chuva, a brasileira enfrentou a cazaque Yulia Putintseva em uma partida intensa que durou 2 horas e 11 minutos. Apesar de perder o primeiro set por 3/6, Bia mostrou sua determinação e dominou completamente o segundo set, aplicando um “pneu” (termo utilizado em um set vencido com um placar de 6/0). No terceiro e decisivo set, a paulista manteve o foco e conquistou uma vitória suada por 6/4, garantindo sua vaga na próxima rodada.

Agora classificada para a segunda rodada de Wimbledon, Bia Haddad Maia buscará ir além de suas participações anteriores no torneio. Sua próxima adversária será a romena Jaqueline Cristian, atualmente na 133ª posição do ranking mundial. Será a primeira vez que as duas se enfrentarão no circuito. Apesar dos desafios enfrentados em sua preparação para o torneio, incluindo problemas físicos e falta de ritmo de jogo, Bia demonstrou grande determinação em sua estreia e está pronta para superar novos obstáculos em busca de um desempenho destacado nas quadras de grama do All England Club.

A quarta-feira ainda terá mais um brasileiro em ação: Thiago Monteiro, que pega o estadunidense Christopher Eubanks. Ambas as partidas foram adiadas pela chuva.

“Estou me adaptando aos poucos e me sentindo bem. Tive bons treinos com Pella, Ymer, Korda e Baez e ainda tenho mais alguns pela frente antes da minha estreia”, afirmou Thiago Monteiro sobre sua preparação para Wimbledon. O tenista brasileiro destacou os treinos no piso de grama e sua confiança na adaptação.

Os destaques dos primeiros dias de Wimbledon

O início do prestigioso torneio de Wimbledon, e o All England Club reservou um momento especial para homenagear um dos maiores ícones do tênis. O ex-tenista suíço Roger Federer, oito vezes campeão do torneio, foi recebido com uma calorosa festa no Royal Box, a tribuna de honra da quadra central. Ao lado de sua esposa, Mirka, e da princesa de Gales Kate Middleton, que é embaixadora do torneio, Federer foi ovacionado pelo público presente e agradeceu ao aplauso prolongado, que durou quase dois minutos. Seus pais também estavam presentes, sentados logo atrás.

Enquanto Federer desfrutava da homenagem, a chuva começou a cair em Londres, afetando a programação do segundo dia do Grand Slam britânico. No entanto, duas partidas conseguiram ser finalizadas antes da interrupção. A casaque Elena Rybakina, atual campeã de Wimbledon, mostrou sua força ao vencer de virada a americana Shelby Rogers por 4/6, 6/1 e 6/2. Rybakina, que é considerada uma forte candidata ao título mais uma vez, enfrentará a vencedora do duelo entre a japonesa Nao Hibino e a francesa Alize Cornet na segunda rodada.

Enquanto isso, na quadra central, o jovem espanhol Carlos Alcaraz, de apenas 20 anos, fez história ao vencer o veterano francês Jeremy Chardy por 6/0, 6/2 e 7/5. Chardy, que anunciou sua despedida das quadras nesta edição de Wimbledon, não conseguiu conter o ímpeto do promissor Alcaraz. O espanhol, que é o número 1 do ranking, teve um desempenho impressionante e espera alcançar grandes feitos em sua terceira participação na chave principal.

Novak Djokovic teve uma estreia sólida em Wimbledon, vencendo o argentino Pedro Cachin por 3 sets a 0. Ele enfrentará Jordan Thompson na próxima rodada. Mesmo com uma pausa devido à chuva e problemas na quadra, Djokovic manteve a concentração e conquistou sua 110ª vitória na grama, estendendo sua sequência invicta nesse piso. Ele busca seu oitavo título em Wimbledon e a liderança do ranking. Já no feminino, a número 1 do mundo aprovou seu desempenho na vitória sobre a chinesa Lin Zhu por 6/1 e 6/3, destacando: “Acho que foi uma performance muito sólida da minha parte, então estou feliz por ter conseguido jogar meu jogo e estar no ritmo, mesmo sendo a primeira rodada. Quando você sente que fez um bom trabalho na pré-temporada ou nas semanas anteriores ao torneio, sente que tem mais armas.” Sua próxima rival é a espanhola Sara Sorribes, 84ª do ranking, em um confronto inédito no circuito.

A chuva persistente trouxe complicações para o torneio de tênis, interrompendo jogos e causando mudanças na programação. Apesar disso, os fãs aguardam ansiosamente por momentos emocionantes e grandes feitos dos talentosos jogadores como Djokovic, Rybakina e Alcaraz, que prometem tornar Wimbledon uma competição memorável.