Elon Musk

Elon Musk || Crédito: NVIDIA

Controlador da Tesla faz pronunciamento inusual e afirma necessidade de “petróleo e gás” enquanto mundo se move para a energia sustentável

Principal acionista da montadora Tesla e da empresa de exploração espacial SpaceX, Elon Musk já esteve neste espaço muitas vezes pelas mais diversas razões, como, por exemplo, pela maneira com que torna hype ou detona criptoativos com uma frase – ou com uma palavra – em sua conta pessoal no Twitter.

Nesta segunda-feira (29), contudo, Musk ganhou os noticiários por falar algo à primeira vista bastante racional – e que contraria seu próprio negócio de carros elétricos. O bilionário disse que petróleo e gás são necessários. “Realisticamente, acho que precisamos usar petróleo e gás no curto prazo, porque senão a civilização desmoronará”, disse, numa conferência na Noruega.

Não era exatamente um tiro contra o próprio pé. Musk vê a permanência do combustível fóssil enquanto o mundo se move “o mais rápido que pudermos” para uma economia de energia sustentável.

Em seu discurso, o sul-africano ainda valorizou o papel da energia nuclear.

No mesmo encontro, o presidente-executivo da Shell vislumbrou alguns maus invernos para a Europa por conta da diminuição do fluxo de fornecimento de gás natural pela Rússia.

“Pode ser que tenhamos que encontrar soluções por meio de economia de eficiência, racionamento e uma construção muito rápida de alternativas”, disse Ben van Beurden.