Até Intercept vira arma de Janaina contra astronauta dileto de Bolsonaro

Janaina Paschoal || Crédito: Alesp

Site de investigação jornalística que desvendou vícios da Lava Jato torna-se arma de deputada antipetista para abalar preferido de Bolsonaro ao Senado por São Paulo

As voltas que a vida dá. A deputada estadual Janaína Paschoal, que se celebrizou e teve votação recorde em 2018 por sua atuação no impeachment de Dilma e esteve próxima de formar chapa com Jair Bolsonaro naquele mesmo ano, agora usa material da imprensa que o lavajatismo e o bolsonarismo, seus grupos de filiação, querem distância.

Na sua luta contra o “astronauta” Marcos Pontes, ex-ministro da Ciência e Tecnologia, indicado por Bolsonaro como seu candidato a Senador pelo estado de São Paulo – vaga que Paschoal pleiteia –, vale até compartilhar apurações do The Intercept, o site de jornalismo investigativo que foi responsável por dar conhecimento público das articulações nada decorosas entre a Turminha de Curitiba e o ex-ex-ex Sergio Moro.

Só nesta semana a deputada compartilhou reportagem do The Intercept de 2018 que mostrava que Pontes foi, a despeito de suas negativas, sócio da empresa Portally, o que seria vedado a um militar; também republicou notícia do portal Metrópoles que dá conta que uma ex-assessora de Pontes no ministério segue na pasta, agora repassando propaganda do candidato ao Senado.

O astronauta não passa recibo dos ataques da deputada, preferindo usar sua conta no Twitter para enaltecer seu guia espiritual Jair Bolsonaro – ele talvez teça mais loas ao presidente do que os próprios filhos 01, 02 e 03.