Carlos Vieira é nomeado por Lula presidente da Caixa Econômica

foto Reprodução Facebook

Nomeação de Carlos Vieira como Presidente da Caixa reforça influência do Centrão no Executivo

Carlos Antônio Vieira Fernandes foi oficializado como o novo presidente da Caixa Econômica Federal, conforme publicado na edição extra do Diário Oficial da União desta sexta-feira (3/11). Vieira, um funcionário de carreira da instituição, sucede a ex-presidente Rita Serrano e sua nomeação reflete a estratégia do governo de acomodar membros do Centrão no Executivo. 

A indicação de Vieira foi feita pelo presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), em um movimento para incluir mais representantes dos partidos do Centrão na estrutura governamental. Iniciando o processo de transição no início da semana, Vieira foi impedido de se reunir com a antecessora devido à exoneração de Serrano na segunda-feira (30/10). 

Economista de formação, Vieira tem uma longa trajetória na Caixa, sendo ex-presidente do Fundo de Pensão dos funcionários da instituição (Funcef) e tendo ocupado o cargo de ex-secretário-executivo do Ministério das Cidades durante a gestão de Gilberto Occhi, ligado ao Progressistas, no governo de Dilma Rousseff. 

Além disso, sua relação com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) durante a gestão na pasta, juntamente com sua proximidade com o partido de Arthur Lira, sinaliza que sua nomeação tem vínculos estreitos com a liderança na Câmara dos Deputados, indicando um alinhamento político para a gestão da autarquia.