Zelensky concorda em se reunir com Lula

Lula e Zelensky || Crédito: Ricardo Stuckert/PR

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner, que faz parte da comitiva de Lula nos Estados Unidos, confirmou que há espaço disponível na agenda para o encontro. A novidade agora é tanto o convite de Lula quanto a aceitação de Zelensky para a reunião.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva convidou e o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky aceitou a proposta de um encontro presencial entre os dois em Nova York. A reunião está agendada para a tarde de quarta-feira (20) após o brasileiro ter sua conversa com o presidente americano Joe Biden.

Se concretizada, esta será a primeira vez que Lula e Zelensky se encontram pessoalmente. Anteriormente, os líderes do Brasil e da Ucrânia tiveram uma conversa por telefone em março.

Em maio, durante a cúpula do G7 no Japão, Zelensky tentou se reunir com Lula, mas o governo brasileiro justificou que conflitos de agenda impossibilitaram o encontro.

O local escolhido para a reunião é o hotel onde Lula está hospedado em Nova York, enquanto participa da Assembleia Geral da ONU.