Fim de semana eclético

A Outra Garota Negra (Star+) || Crédito: Divulgação

Pode ser um documentário no cinema, um suspense psicológico no streaming ou um livro que reflete sobre nossa relação equivocada com o tempo

Por Márcia Rocha


Carlos: The Santana Journey Global Premiére – ­ Documentário sobre a vida do músico mexicano Carlos Humberto Santana Barragán – que o mundo conhece como Carlos Santana. Vencedor de dez Grammys, Santana, que hoje tem 76 anos, continua na estrada. Estreia em 23 de setembro.

Estranha Forma de Vida (MUBI) – Desta vez, Pedro Almodóvar, sempre surpreendente, faz uma incursão no faroeste. A trama do curta-metragem, o segundo do diretor espanhol, foca no rancheiro Silva, interpretado por Pedro Pascal, que viaja para rever Jake (Ethan Hawke), xerife de Bitter Creek. Falar mais é dar spoiler.

A Outra Garota Negra (Star+) – Com dez episódios, esse thriller psicológico que estreou quinta-feira (14) é baseado no livro homônimo de Zakiya Dalila Harris.  Nella, uma assistente editorial cansada de ser a única funcionária negra da Wagner Books. Até que Hazel passa a ocupar a baia ao lado.

Decolonizar o Museu: Programa de Desordem Absoluta (editora Ubu) – Nesse livro, Françoise Vergès, cientista política francesa especializada em estudos pós-coloniais, propõe um desmantelamento da estrutura dos museus que, segundo ela, só faz manter e aumentar o poder das elites brancas colonialistas. Lançamento em 28 de setembro. Em pré-venda.

Crédito: Divulgação

Em Defesa do Tempo – Descobrindo uma Vida Além do Relógio (editora Fontanar) –  Jenny Odell, a autora, questiona a frase “tempo é dinheiro” tão presente em nossas vidas hoje em dia. Segundo ela, perseguimos um tempo que está intimamente ligado ao lucro, desconsiderando o fato de que ele também tem a ver com as pessoas. Certamente uma reflexão necessária sobre o mundo contemporâneo.

Crédito: Divulgação

A Canção da Célula: As Descobertas da Medicina e do Novo Humano (editora Companhia das Letras) – Autor de O Imperador de Todos os Males e O Gene, nesse novo livro, o médico indiano Siddhartha Mukherjee se debruça sobra as células. Quando se tornam disfuncionais, essas unidades elementares que compõem todos os organismos acabam levando a uma série de doenças e de problemas de saúde.

Crédito: Divulgação