Esquerda é demonizada por pastor, e Janones entra em ação

André Janones E Andre Valadão || Créditos: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados/Reprodução

André Valadão chama Lula de “MULA”, diz que esquerda quer “eliminar quem pensa diferente”, e deputado federal entra em cena: “A gente só quer eliminar quem usa o nome de Deus para roubar”

É comum a avaliação entre evangélicos, observadores e integrantes de grupos desses religiosos que a atuação explícita de diversos pastores e líderes de denominações em favor de Jair Bolsonaro neste segundo turno é algo sem precedentes. Uma entrada rápida nas redes sociais de algumas dessas lideranças confirma a constatação.

André Valadão, que chama Lula de “MULA”, reproduz a ideia paranoica de “venezuelização” do Brasil professada pela direita histérica, entre tantas outras. Nesta segunda (10), o líder da Igreja Batista da Lagoinha publicou em seu Twitter que  “a esquerda quer eliminar quem pensa diferente dela. É assim que funciona pra eles. No poder tentarão calar a todos que divergem deles.”

Do lado lulista, o deputado federal reeleito André Janones (Avante-MG) tem se desdobrado para rebater publicações dessa natureza, devolvendo os petardos com intensidade parecida. Mas seria preciso, aparentemente, milhares de Janones para dar conta de tantos ataques. O deputado comentou sob a postagem de Valadão:

“Não! A gente só quer eliminar quem usa o nome de Deus pra roubar, acobertar assassino de atriz, eleger vereador pedófilo como “deputado” e ainda disseminar fake News! VOCÊ NÃO REPRESENTA A IBL!! CHEGA!!!”