Cher

Cher || Crédito: Reprodução Instagram

Ícone LGBT, verdadeira rainha gay, a artista californiana Oscar de melhor atriz em 1988 revelou à jornalista Christiane Amanpour, da CNN, que “não foi fácil” lidar com a mudança de gênero de um de seus filhos, Chaz Bono

Ícone LGBT, uma das principais rainhas gays de que se tem notícia, a artista norte-americana revelou à jornalista Christiane Amanpour, da CNN, em Londres, que “não foi fácil” lidar com a mudança de gênero de um de seus filhos, Chaz Bono – originalmente, Chastity.

Bono, que é ator, decidiu assumir-se transgênero perto dos 40 anos, e fez terapia hormonal com aplicações de testosterona.

Cher, que ganhou o Oscar de melhor atriz em 1988 por Feitiço da Lua, ainda falou a Amanpour sobre Joe Biden, que comparou ao ex-presidente democrata Jimmy Carter. Ambos, para ela, querem “ajudar o povo norte-americano”.

“É um grande homem e um grande coração”, disse, sobre o presidente eleito.