Revista Poder

Paulo Pimenta

Paulo Pimenta || Crédito: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

Chefe da secretaria de Comunicação Social (Secom) do Governo Federal, o deputado licenciado gaúcho Paulo Pimenta (PT) viu-se recentemente como alvo de aliados, correligionários e simpatizantes de Lula 3. O ataque mais contundente veio do sempre agudo ex-deputado federal Jean Wyllys (PT), que o chamou de “mau-caráter” e responsável por sua “defenestração” (palavra usada por Wyllys) da própria Secom, órgão que acolheria Wyllys após sua recente filiação ao PT.

(Foi uma “defenestração” anacrônica, já que Wyllys nem chegou a trabalhar no órgão.)

Ao longo desta semana, Pimenta procurou se mover mais enfaticamente, seja manifestando-se gravemente em relação ao comportamento de jornalistas e influencers que politizaram, com uso de fake news, a tragédia no Rio Grande do Sul; seja mostrando “TBTs” do século passado, imagens que atestariam sua antiga e histórica relação com Lula.

A questão é que Wyllys tem a primeira-dama, Janja, e mesmo a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, a lhe dar guarida, e Pimenta não tem muito mais que velhas fotos de Santa Maria, sua cidade gaúcha natal.

Nesta sexta (15), ele pareceu demonstrar que está disposto a combater o bom combate e respondeu respeitosamente a críticas (igualmente respeitosas) de simpatizantes de Lula 3. No ex-Twitter, a Vinicios Betiol, autor de livro em que estuda o modus operandi da extrema direita nas redes sociais, e que fez longo post falando, ao final, que a comunicação do governo Lula 3 “seria zero” – “Está na hora de mudar. Será que o Paulo Pimenta está preparado para essa conversa?”, escreveu –, Pimenta respondeu:

“Camarada, recebo com muita alegria e disposição suas contribuições. Desde sempre tenho ouvido todas as críticas e opinões para que possamos avançar. Enviei uma mensagem para que possamos conversar para combinar como organizar esse diálogo, extensivo a todos (as) que desejarem participar. Forte abraço !!”

Caso mesmo esteja preparado para essa conversa, resta saber se Pimenta estará ainda na função para essa conversa.

Sair da versão mobile