Revista Poder

Mark Ruffalo pede que Lula se inspire em Gustavo Petro

Mark Ruffalo || Créditos: CC/WikiCommons/Gage Skidmore/flickr

Lula já tinha em Gabriel Boric, seu jovem homólogo chileno, um crítico agudo – ainda que pontual. No encontro dos países da América Latina com os da União Europeia (Celac-UE), em Bruxelas, ele fez questão de marcar distância do brasileiro ao definir quem era invasor e quem era invadido no conflito da Ucrânia.

Agora é Gustavo Petro, da Colômbia, o novo antagonista. Na Cúpula da Amazônia, como se sabe, o presidente colombiano disse que o negacionismo da esquerda – ou do campo progressista – se traduz pela “transição” que jamais se cumpre para o uso de energias limpas. Enquanto isso, dá-lhe sobrevida do combustível fóssil.

Bem, tudo isso para dizer que o ator Mark Ruffalo, que tem Lula como um de seus herois, voltou ao ex-Twitter na noite de quinta (10) para comentar os resultados da Cúpula da Amazônia e mandar um recado a “mr. president” Lula da Silva. Dirigind0-se ao brasileiro, escreveu:

“Colômbia é a primeira nação amazônica a bancar o que a ciência demanda: o objetivo de proteger 80% da floresta até 2025, e a ação para interromper a perfuração de poços de petróleo na Amazônia.”

E seguiu: “É precisamente esse tipo de liderança que a humanidade precisa do senhor, senhor presidente”.

Sair da versão mobile