Revista Poder

Lesão frustra Bia Haddad Maia e interrompe sua campanha em Wimbledon

Beatriz Haddad Maia || Crédito: AELTC/Joel Marklund

A brasileira Beatriz Haddad Maia enfrentou um grande revés nas oitavas de final de Wimbledon ao abandonar a partida contra a cazaque Elena Rybakina devido a um problema nas costas. Após apenas cinco games, com Rybakina liderando por 4/1, Bia tomou a difícil decisão de encerrar o jogo.

No início da partida, Rybakina mostrou um bom desempenho em seus games de serviço, enquanto Bia lutava para se adaptar ao posicionamento de devolução de segundo saque. No entanto, a brasileira teve dificuldades em seu primeiro game de saque e enfrentou ataques constantes de Rybakina em seu backhand.

No quarto game, Bia novamente encontrou dificuldades no saque, possivelmente devido ao desconforto físico que estava enfrentando. Ela pediu atendimento médico após um ponto de quebra e, embora tenha tentado continuar, ficou claro que não estava em condições de seguir em frente.

Foi uma situação desafiadora para Bia, que chorou de frustração durante o último game antes de se dirigir à adversária e comunicar sua decisão de abandonar o jogo. Apesar da decepção, Bia mostrou coragem e determinação ao enfrentar essa adversidade em um torneio em que vinha se destacando até então.

O perfil oficial de Wimbledon no instagram postou uma foto e desejou uma boa recuperação para a atleta: “Não é a forma como gostaríamos de ver o fim.” E acrescentou: “Desejando uma rápida recuperação.”

Sair da versão mobile