Revista Poder

Xi Jinping

Xi Jinping || Crédito: CC/WikiCommons/Kremlin

O grande timoneiro do século 21 da China, Xi Jinping, recebeu na tarde desta segunda-feira (19), em Pequim, o principal assessor do primeiro escalão de Joe Biden, o secretário de Estado, Antony Blinken.

A visita, adiada desde o incidente dos balões chineses que sobrevoaram o espaço aéreo estadunidense, serviu, como noticiou o Global Times, jornal que dubla como porta-voz do regime chinês, para “injetar alguma confiança no mundo desde que as relações China-Estados Unidos entraram numa espiral negativa, despertando preocupação de potenciais conflitos”.

O GT fala em trazer a relação bilateral de “volta ao trilho certo” e registra que Xi disse a Blinken que o “mundo necessita de estabilidade” na relação entre os dois países — e tal boa relação teria impacto no “futuro” e no “destino da humanidade”.

“Vim a Pequim para aprimorar os canais de comunicação, deixar claras nossas posições e intenções em temas de desacordo, e explorar áreas em que podemos trabalhar juntos” (..), disse Blinken, em pronunciamento, em Pequim.

Sair da versão mobile