Revista Poder

Governo planeja política nacional de direitos humanos para o setor privado

Silvio Almeida || Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Silvio Almeida, ministro do Direitos Humanos e da Cidadania, afirmou que sua pasta está formulando uma política nacional para que as empresas privadas se comprometam com o combate ao racismo e outras violações aos direitos humanos.

Esse foi um dos tópicos de sua palestra na Academia Brasileira de Letras (ABL), no Rio de Janeiro. Convidado para o tradicional chá com os imortais na quinta-feira (25), Almeida esteve no local para falar sobre temas ligados a seu trabalho à frente da pasta.

Na ocasião, o ministro citou o ataque racista sofrido pelo jogador Vini Jr. na Espanha, dizendo que as empresas que movimentam a parte econômica do esporte precisam adotar um posicionamento mais incisivo em relação a isso. Segundo ele, o mercado esportivo profissional será um dos pontos de atenção da política nacional de direitos humanos que vem por aí.

Sair da versão mobile