Revista Poder

Arthur Lira

Arthur Lira || Crédito: Marina Ramos/Câmara dos Deputados

Se havia alguma dúvida de que o presidente da Câmara Federal, Arthur Lira (PP-AL), tem controle da Casa e que ele deseja protagonismo nos desígnios do país, as dúvidas devem ter desaparecido nesta quarta (24).

Após ter conduzido com maestria o trâmite e aprovação do projeto de lei que cria o arcabouço fiscal, tema que ganhou ares de desembarque na Normandia de Lula 3, Lira concedeu rápida entrevista à Globo News.

Ele colocou pingos nos is, dando recados para o Executivo e acariciando Fernando Haddad.

“O Congresso está dando todas as oportunidades para o governo se estruturar de uma maneira racional. Todos tem que entender que o Congresso brasileiro tem maior protagonismo, conquistou maior protagonismo, está buscando suas atribuições dentro dos seus limites, sem ferir harmonia constitucional nem poder nenhum”, disse.

E prosseguiu: “Mas é  importante que o governo entenda que ele tem participar de processo discussão como participou o ministro [Fernando] Haddad, uma participação muito importante, franca, tranquila, próxima do Congresso, o que ajudou muito na tramitação dessa matéria.”

Na mesma entrevista, Lira já deu um teaser: a próxima parceria será pela reforma tributária. 

Sair da versão mobile