Revista Poder

Bebianno volta a rondar campanha eleitoral, agora pelas mãos de Marinho

Paulo Marinho e Gustavo Bebianno || Crédito: Reprodução/Twitter/Alan Santos/PR

Um dos dissidentes do bolsonarismo que ele mesmo ajudou a fortalecer, o empresário Paulo Marinho evocou em sua conta de Twitter o ex-ministro Gustavo Bebbiano, morto em 2020.

O movimento segue algo já feito pelo deputado federal André Janones (Avante-MG), o grande artífice da campanha digital de Lula. Marinho, em cuja casa Bolsonaro articulou parte decisiva de sua campanha presidencial de 2018, é suplente do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), mas há tempos rompeu com Bolsonaro & filhos. Há dias, manifestou apoio a Lula, com direito a foto com o ex-presidente.

Pois bem, de volta ao Twitter, Marinho publicou um vídeo de Bebbiano e duas frases:  “A noite promete” – possivelmente em referência ao debate da TV Globo das 22h, entre Lula e Bolsonaro; e a frase bíblica tantas vezes usada por Bolsonaro:“e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Insiders e analistas especulam que a campanha petista teria tido acesso ao celular de Bebbiano, e nele haveria arquivos que poderiam dar pistas das circunstâncias especialíssimas que redundaram na facada sofrida por Bolsonaro em Juiz de Fora, em 2018.

Como se sabe, foi após o atentado contra o atual presidente que ele ganhou um salto de popularidade, assumindo protagonismo naquela campanha.

 

 

Sair da versão mobile