Revista Poder

Camisa usada por Maradona quando fez o ‘Gol do Século’ é vendida por mais de US$ 9 mi

A camisa que Diego Maradona vestiu contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986 – que virou símbolo de seu brilhantismo – foi vendida por quase US$ 9,3 milhões em um leilão online, quebrando o recorde de um item de memorabilia esportiva.

A camisa azul da seleção argentina foi arrematada a um comprador anônimo, segundo a Sotheby’s. A peça pertencia ao ex-meio-campista da Inglaterra Steve Hodge, que trocou com Maradona após a vitória da Argentina por 2 a 1 nas quartas de final.

Durante o jogo, Hodge involuntariamente jogou a bola no ar para Maradona marcar polêmico gol batizado de ‘Mão de Deus’. Poucos minutos depois, o craque argentino marcou o “Gol do Século” – como mais tarde foi votado em uma pesquisa da FIFA – recebendo um passe perto da linha de meio campo, antes de disparar para o gol, driblando uma série de jogadores ingleses. “Esta camisa histórica é um lembrete tangível de um momento importante não apenas na história do esporte, mas na história do século 20”, disse Brahm Wachter, chefe de moda urbana e colecionáveis ​​modernos da Sotheby’s. “Nas semanas desde que anunciamos o leilão, houve uma enxurrada de fãs de esportes e colecionadores, com uma emoção palpável no ar durante a exibição pública – e esse entusiasmo resultou na venda bem acima do que havia sido estimado”. A camisa número 10 de Dieguito tinha valor estimado entre US$ 5,25 milhões e US$ 7,5 milhões.

De acordo com a casa de leilões, o recorde anterior de uma peça usada em partidas esportivas era da camisa de estrada dos Yankees de Babe Ruth, que foi vendida por US$ 5,64 milhões em 2019.

Sair da versão mobile