Revista Poder

Arnault queima dinheiro e desfaz participação acionária no Carrefour

Bernard Arnault || Crédito: WikiCommons/Divulgação

Abílio Diniz perdeu a companhia de seu coleguinha bilionário Bernard Arnault, o francês que alterna com Jeff Bezos e Elon Musk o post de homem mais rico do mundo, na composição acionária do Carrefour. Arnault se desfez de suas posições no hipermercado, mesmo perdendo dinheiro razoável na operação em que entrou há 14 anos.

Segundo o jornal Financial Times, que noticiou a operação, Arnault passou nos cobres os 5,7% de participação que sua holding Financière Agache detinha na empresa. Pegou por € 16 por ação, levantando € 724 milhões. Quando entrou, as ações do Carrefour eram cotadas pelo triplo desse valor. A Forbes informa que a participação de Arnault no negócio era ligeiramente menor: 5,5%.

Arnault foi cavalheiro em seu comunicado oficial, elogiando o CEO Alexandre Bompard, que teria alcançado, nas palavras do magnata uma “recuperação notável” à frente do Carrefour. Lacônico, Arnault escreveu que “simplesmente decidiu redirecionar os investimentos”.

O francês iniciou sua retirada em 2019, deixando o board do Carrefour; no ano seguinte, diluiu sua participação de 8,6% para os 5,5% citados pela Forbes.

 

 

Sair da versão mobile