Revista Poder

Médicos e família querem Hamilton Mourão em “ritmo de jogo”

Hamilton Mourão || Créditos: Alan Santos/PR

Usuário contumaz da quadra de vôlei do palácio do Jaburu, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que está nesta sexta-feira (16) em Angola, deu uma desacelerada no ritmo de exercícios.

Ele costumava organizar partidas semanais com a família e com poucos amigos próximos.

Há algumas semanas que Mourão decidiu pegar mais leve. Médicos do governo afirmam que, pela idade, é um plus que ele tenha tanta disposição e que, assim, deveria continuar jogando.

Com as notícias estomacais de Bolsonaro, talvez valha a pena mesmo Mourão manter o, por assim dizer, “ritmo de jogo”.

Mourão tem 67 anos – em agosto completa mais uma primavera.

A mulher do VP, Paula Mourão, maior entusiasta do marido, quer vê-lo de novo na quadra.

Mourão tem uma alimentação balanceada, com peixe e legumes, lembra mesmo a dieta do inquilino anterior do Jaburu, o ex-presidente Michel Temer, que, mesmo após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), rejeitou trocar o Jaburu pelo Alvorada.

Sair da versão mobile